Você sabe que como MEI você tem acesso a vários benefícios e vantagens, e um deles é que você pode ter desconto na compra do seu tão sonhado carro para utilizá-lo no seu negócio.



Assim que você se formaliza e recebe os documentos referente à sua empresa, vai poder comprar um veículo, sem precisar cumprir carência, se você abriu seu MEI hoje, já pode solicitar esse benefício.

No entanto, é melhor você agir mais com a razão do que com o coração. Precisa analisar o que é bom e o que não vai ser. Antes de qualquer decisão, nesse vídeo, você vai entender se esse negócio é para você.

O MEI vai poder usar o seu CNPJ para comprar um veículo com descontos que poderão variar de 2,5% até 30% do valor do veículo, esse desconto vai depender do modelo e da marca que estão sendo negociados.

Isso acontece porque o MEI recebe uma isenção nos impostos de IPI e ICMS. As marcas que atualmente oferecem esse desconto ao MEI são Volkswagen, Fiat, Chevrolet e Renault.

Mas esse desconto de até 30% é somente para a compra de automóveis e motocicletas 0km ,e é muito importante você saber que esse desconto não é fixo e não está restrito a veículos de uso comercial, podendo variar de acordo com o fabricante e até mesmo o modelo escolhido.

Cada marca define suas regras específicas para a dar esses abatimentos maiores, por isso, vale a pena a visita às concessionárias ou entrar em contato diretamente com a fábrica da marca que você deseja ter seu carro, para entender as melhores condições oferecidas para os modelos de sua preferência, e isso pode valer até para carros do ano.

E aqui fica uma dica: em alguns casos é melhor você entrar em contato diretamente com a fábrica tah?!.

No caso da Volkswagen, por exemplo, o desconto para a compra de um SUV Taos por um MEI de São Paulo é atualmente de 5%. Mas chega a 10% se você comprar uma T-Cross.

Já a Fiat disponibiliza um desconto de 8% para a compra de um furgão Fiorino para o microempresário.

Carros utilitários como pick-ups compactas e furgões apresentam um desconto bem maior.

Quando você for comprar o seu automóvel, você deverá apresentar o Certificado do MEI - chamado de CCMEI, seu cartão CNPJ, sua inscrição estadual vigente e outros documentos que cada concessionária poderá exigir.
Mas diferente de comprar um carro para sua pessoa física, você vai se dirigir ao setor de venda direta, isso significa que esse veículo está saindo direto da fábrica, ele é fabricado especialmente para você e por isso vai ser preciso entrar em uma fila de espera para receber o veículo, que varia de acordo com a demanda.

Normalmente, esse tempo varia entre 10 até 50 dias. Mas é importante verificar este prazo neste período de pandemia, poderá sofrer alterações.

Outro ponto também, não será possível a compra de um veículo acima da receita bruta anual do MEI, atualmente o teto do MEI é de R$ 81 mil - sendo de 80% do valor faturado.

Havendo uma fiscalização, será preciso demonstrar que houve faturamento suficiente para aquisição do bem, aqui entra a importância de você enviar sua declaração DASN com os valores que você faturou de verdade.

Portanto, esse desconto está condicionado também, ao MEI ter que ficar com o veículo por um período de 12 meses, ou seja, somente após 1 ano, que será possível você vender o seu carro ou passar ele para frente.

E se você vender esse veículo antes do prazo, você vai precisar fazer a devolução de ICMS. É preciso estar ciente que o veículo ficará vinculado ao CNPJ da empresa, você não quitando o IPVA, haverá restrições no nome da empresa e também do empresário.

Para não ter dor de cabeça no futuro, procure sempre observar as vantagens e desvantagens na hora de comprar um carro. Isso porque, deixando de pagar, o seu CNPJ também poderá ser negativado.
Este artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!